Uma Teia de Famílias


DEODATO Carlos Ferreira [Parents] was born in 1821 in Catimbau Grande em Rio Bonito, Rio de Janeiro, Brasil. He was christened on 25 Nov 1821 in Igreja de Nossa Senhora da Conceição de Rio Bonito. He died after 1862 in Córrego do Ouro (freguesia de Neves) em Macaé, Rio de Janeiro, Brasil. He married CLARA MARIA DE JESUS Furtado de Mendonça in 1837/1838 in (Igreja de Nossa Senhora da Conceição de Boa Esperança).

Batismo (L3 f164) # Aos vinte e sinco de Novembro de mil oitocentos e vinte e hum nesta freguesia do Rio Bonito baptizou solenmemente , de licença minha minha o Reverendo Jose (....) a DEODATO inocente filho legitimo de JOSE CARLOS FERREIRA do Bispado do Porto e de LAUREANA ROZA desta freguesia. Avos parternos FRANCISCO JOSE CARLOS e ANNA ANGELICA: Avós maternos BENTO DE SOUZA D`AVILA e ROZA MARIA foraõ padrinhos Jose Custodio (....) e Catharina de Tal de que fiz este (....). O vig(a)r(i)o Joaquim Pereira dos Reis.

CLARA MARIA DE JESUS Furtado de Mendonça [Parents] was born in 1818/1822 in Catimbau Grande em Rio Bonito, Rio de Janeiro, Brasil. She died after 1862 in Córrego do Ouro (freguesia de Neves) em Macaé, Rio de Janeiro, Brasil. She married DEODATO Carlos Ferreira in 1837/1838 in (Igreja de Nossa Senhora da Conceição de Boa Esperança).

They had the following children:

  F i LAUREANA ROSA de Sousa
  M ii José Carlos Ferreira was born in 1841 in Catimbau Grande de Boa Esperança em Rio Bonito, Rio de Janeiro, Brasil. He was christened on 10 Aug 1841 in Igreja de Nossa Senhora da Conceição de Boa Esperança. He died before 1850 in Catimbau Grande de Boa Esperança em Rio Bonito, Rio de Janeiro, Brasil.

Batismo (L3 f8v) # Aos dez de agosto de mil oito centos e quarenta e hum annos baptizou o reverendo Jozé Von Reys e poz os santos oleos no oratorio de Nossa Senhora da Conceiçam da Boa Esperança ao inocente JOZÉ filho legitimo de ADEODATO CARLOS FERREIRA e de CLARA MARIA DE JEZUS; neto paterno de JOSÉ CARLOS FERREIRA, e LAUREANA ROZA DE SOUZA; materno de ANTONIO FURTADO DE MENDONÇA e ANTONIA MARIA DE JEZUS: foi padrinho Antonio Furtado de Mendonça \\ O vigario Joaquim Joze da Costa.
  F iii Menalvina Maria de Jesus de Sousa
  F iv Fortunata de Sousa was born in Jan 1850 in Correntezas em Silva Jardim, Rio de Janeiro, Brasil. She was christened on 14 Jun 1851 in Paróquia de Correntezas. She died on 29 Apr 1860 in Catimbau Grande de Boa Esperança em Rio Bonito, Rio de Janeiro, Brasil. She was buried on 30 Apr 1860 in Cemitério de Boa Esperança em Rio Bonito.

Batismo # Aos quatorze dias do mêz de junho de mil oito centos cincoenta e hum annos, nesta freguezia de Correntezas baptizei e pûs os santos oleos a innocente FORTUNATA de dezoito mêses filha legitima de d’ADEODATO CARLOS FERREIRA, e CLARA MARIA DE JESUS nascidos e baptisados, esta em Saquarêma, e aquelle no Rio Bonito, netta pela parte paterna de JOSÉ CARLOS FERREIRA, e sua mulher LAUREANA DE SOUSA, e pela materna d’ANTONIO FORTADO DE MENDONÇA, e sua mulher ANTONIA MARIA DE JESUS: foi padrinho BENTO CARLOS FERREIRA, solteiro, moradores, este do Rio Bonito, e aquelles desta freguesia de Correntezas, do que para constar fiz este assento e por verdade o assigno digo: foi padrinho Thomaz José Martins, madrinha sua irmãa D. Anna Rosa Martins, todos desta mêsma freguesia moradores; do que para constar fiz este assento por verdade o assigno. O vig(a)ri(o) encom(e)n(da)do Raphael Teix(ei)ra d’Az(eved)o M(acha)do

Obito (L1 f62v) # Falleceu a vinte e nove e a trinta de abril de mil oitocentos e cecenta, foi sepultada FORTUNATA, branca de nove annos, filha legitima de DEODATO CARLOS FERREIRA, morador no Catimbáo. E para constar foi este termo que asigno. O Vigario Egydio Antonio Vieira.
  M v José Carlos Ferreira was born in Nov 1850 in Correntezas em Silva Jardim, Rio de Janeiro, Brasil. He was christened on 14 Jun 1851 in Paróquia de Correntezas.

Batismo # Aos quatorze dias do mêz de junho de mil oito centos cincoenta e hum annos, nesta freguezia de Correntezas baptizei e pûs os santos oleos ao innocente JOSÉ de oito meses filho legitimo de d’ADEODATO CARLOS FERREIRA, e CLARA MARIA DE JESUS, nascidos e baptisados esta em Saquarema, e aquelle no Rio Bonito, netta pela parte paterna de JOSÉ CARLOS FERREIRA, e sua mulher LAUREANA ROSA DE SOUSA, e pela materna d’ANTONIO FURTADO DE MENDONÇA e sua mulher ANTONIA MARIA DE JESUS moradores desta freguesia, aquelles, foi padrinho Bento Carlos Ferreira, solteiro, natural e morador do Rio Bonito; do que para constar fiz este assento por verdade o assigno. O vig(a)ri(o) encom(e)n(da)do Raphael Teix(ei)ra d’Az(eved)o M(acha)do.
  M vi Manoel Carlos Ferreira was born on 20 Sep 1853 in Correntezas em Silva Jardim, Rio de Janeiro, Brasil. He was christened on 20 Oct 1854 in Oratório de Gaviões.

Batismo (L4 120v) # Aos vinte dias do mez de outubro de mil oitocentos e cincoenta quatro no oratório Gaviões de licença minha v(i)g(ári)o rev(erend)o Machabeu, baptizei e pus os santos oleos ao innocente MANOEL nascida a vinte de setembro do anno passado, filho legitimo de ADEODATO CARLOS FERREIRA, e CLARA MARIA DE JESUS; avós paternos JOSÉ CARLOS FERREIRA, e Clara Maria de Jesus, digo LAURIANNA ROSA DE SOUZA; materno ANTONIO FURTADO DE MENDONÇA e ANTONIA MARIA DE JESUS; padrinhos capitão Verissimo Ro(dr)i(gue)s da Costa, e Maria Josepha da Cunha, e para constar mandei passar esta que assigno supra ano. O vig(a)ri(o) encom(e)n(da)do Franc(isc)o Az(eved)o de Brito.
  F vii Maria de Sousa was born in Dec 1855 in Correntezas em Silva Jardim, Rio de Janeiro, Brasil. She was christened on 18 Dec 1856 in Paróquia de Correntezas.

Batismo (L4 f164) # Aos dezessete dias do mez de dezembro d’mil oito centos e sincoenta e seis annos nesta freguesia, baptizei e pus os santos oleos a innocente MARIA d’idade um anno filha legitima d’ADEODATO CARLOS FERREIRA, e CLARA MARIA D’JESUS, netta paterna d’JOSÉ CARLOS FERREIRA, e LAURIANNA ROSA D’SOUZA, falecidos, e materno d’ANTONIO FURTADO D’MENDONÇA e ANTONIA MARIA D’JESUS, forão padrinhos Antonio Joaquim Correas e Francisca Ferreira da Conceição, do que para constar mandei fazer este que assigno. O vig(a)ri(o) encom(e)n(da)do Franc(isc)o Az(eved)o de Brito.

ALBINO JOSÉ da Silva was born in 1795/1800 in Aldeia de Ipuca em Silva Jardim, Rio de Janeiro, Brasil. He died after 1856 in São Pedro da Aldeia, Rio de Janeiro, Brasil. He married MARIA INÁCIA DE JESUS de Márica in 1815/1820 in (Igreja da Sacra Família de Ipuca).

MARIA INÁCIA DE JESUS de Márica was born in 1795/1800 in Márica, Rio de Janeiro, Brasil. She died after 1856 in São Pedro da Aldeia, Rio de Janeiro, Brasil. She married ALBINO JOSÉ da Silva in 1815/1820 in (Igreja da Sacra Família de Ipuca).

They had the following children:

  M i Felicíssimo José da Silva
  F ii ÚRSULA MARIA DA CONCEIÇÃO da Silva

Bernardo Gomes de Oliveira was born in 1894/1895 in Estado do Rio de Janeiro, Brasil. He died after 1951 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. He married Clotildes Machado about 1920.

Clotildes Machado was born about 1895/1896 in Estado do Rio de Janeiro, Brasil. She died after 1951 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. She married Bernardo Gomes de Oliveira about 1920.

They had the following children:

  M i Living

Alcídes José da Motta [Parents] was born on 12 May 1894 in Quimbira em Dores de Macabu em Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil. He died after 1946 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. He married Celina Pereira Pessôa on 20 Jun 1925 in Cartório do primeiro distrito de Araruama.

Casamento # Aos vinte dias do mez de junho de mil novecentos e vinte e cinco as dezessete horas, nesta cidade, em casa de residencia do cidadão José Francisco Pessôa, presente o cidadão José Rodrigues de Souza, juiz de paz deste primeiro districto, commigo escrivão de cargo e official de registro civil e testemunhas abaixo qualificadas assignadas, receberam em matrimonio pelo regimento de comunhão de bens, depois do juiz ter lido o artigo cento e oitenta e trez do codigo civil brasileiro; foram considerados casados ALCÍDES JOSÉ DA MOTTA, solteiro, de cor branca, brasileiro, salineiro, domiciliado e residente no primeiro districto deste município, nascido em doze de maio de mil novecentos, digo de mil oitocentos e noventa, no municipio de Macahé, filho legítimo de PAULINO JOSÉ DA MOTTA, nascido no ano de mil oitocentos e setenta e trez, domiciliado e residente no município de Nictheroy e de dona FELICISSIMA MARIA DE MENDONÇA, falecida em vinte e quatro de março de mil novecentos e vinte e dois, com dona CELINA PEREIRA PESSÔA, solteira de cor branca, brasileira, (....), doméstica, nascida em vinte e trez de outubro de mil novecentos e quatro, domiciliada e residente nesta cidade, filha legitima de JOSÉ FRANCISCO PESSÔA, nascido no anno de mil oitocentos e setenta e de dona FRANCISCA PEREIRA PESSÔA, nascida no anno de mil oitocentos e setenta e seis, domiciliados e residentes nesta cidade, os quaes no mesmo acto officiarão-se proposito de casar e por livre e espontanea vontade, para cuja firma apresentarão os documentos exigidos pelo codigo civil, a vista de tais documentos foram publicados os editaes de proclammas no dia vinte de maio do corrento anno e no dia quatro do corrente mez os contrahentes estavam habilitados para o cazamento dentro de trez mezes immediatos a contar da data de quatro do corrente. Em firmeza de que mando prezidente do acto lavrar eset termo, que depois de lido e achar conforme, via por (....) assignado, pelo contrahente, pela contrahente e pelas testemunhas no acto. Capitão Luiz Maria (....) com vinte e quatro annos de idade, casado pharmaceutico residente nesta cidade e Antonio Nunes dos Santos de vinte e sete annos de idade, casado, (....) rezidente nesta cidade, Eu Manoel Correa Machado, escrivão de paz e official do registro civil o escrevi e assigno. Jose Rodrigues de Souza, Alcides José da Motta. Celina Pereira Pessôa.

Nota: Foi proprietário da Salina Santa Maria 2 em Araruama.

Celina Pereira Pessôa [Parents] was born on 23 Oct 1904 in Araruama, Rio de Janeiro, Brasil. She died after 1946 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. She married Alcídes José da Motta on 20 Jun 1925 in Cartório do primeiro distrito de Araruama.

They had the following children:

  M i Living

Valentim José dos Santos [Parents] was born about 1900. He died in 1926/1927 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. He married Mercêdes Mendonça da Motta in 1920/1921 in (Cartório do Segundo Distrito de São Gonçalo).

Mercêdes Mendonça da Motta [Parents] was born in 1900 in Quimbira em Dores de Macabu, Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil. She died in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. She married Valentim José dos Santos in 1920/1921 in (Cartório do Segundo Distrito de São Gonçalo).

They had the following children:

  M i Living
  M ii Dilson Motta dos Santos was born on 2 Jul 1927 in Neves em São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. He died after 1988.

Antonio Barbosa [Parents] was born on 22 Nov 1898 in Freguesia de Moreira, Distrito do Porto, Portugal. He was christened on 22 Nov 1898. He died on 18 Jun 1983 in Policlínica S. Sebastião em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. The cause of death was septicemia, pneumonia. He was buried on 18 Jun 1983 in Cemitério do Maruí em Niterói. He married Leonôr Mendonça da Motta on 22 Mar 1924 in distrito de Neves, São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil.

Batismo (L2 f166vº #39) # Aos onze dias do mez de Dezembro do anno de mil oitocentos e noventa e oito n’esta egreja parochial do Salvador de Moreira, concelho de Maia, diocese do Porto, baptizei solemnemente um individio do sexo masculino a quem dei o nome de ANTONIO que nasceu n’esta freguesia, no logar do Couço às três horas da tarde do dia vinte e dous do mez de Novembro do anno de mil oitocentos e noventa e oito filho legitimo d’ANTONIO BARBOSA, trabalhador, natural da freguesia de Vila Nova da Telha, d’este concelho e diocese e de RITA ROSA, fiadeira, natural da freguesia d´Alvarelhos, concelho de Santo Thyrso, desta diocese recebidos n´esta freguezia de Moreira e n´ella parochianos e moradores no logar do Couço, neto paterno de MARIA ROSA DE JESUS, solteira e materno de DOMINGOS CARVALHO e ROSA MARIA. Foi padrinho Antonio Penedo, solteiro, empregado na lavoura e madrinha Anna Francisca d’Oliveira, solteira, os quaes todos sei serem os próprios. E para constar lavrei em duplicado este assento que, depois de ser lido e conferido perante os padrinhos, comigo não assignam por não saberem escrever. Era ut supra. O Parocho Antonio da Costa Ramos.

Casamento # Aos vinte e dois dias do mez de março de mil novecentos e vinte e quatro, em o predio numero oitenta e oito B da rua doutor Porciuncula e sendo dezesseis horas, presente o Coronel José Carlos da Costa Velho, juiz de paz em exercício e presidente dos casamentos do quarto districto da cidade e comarca de São Gonçalo, estado do Rio de Janerio, commigo official do registo civil do diante nomeado as testemunhas abaixo licenciadas, assignadas e depois de preenchidas as formalidades legaes, receberam-se em matrimonio o senhor ANTONIO BARBOZA e dona LEONOR MENDONÇA DA MOTTA, elle solteiro, nascido em vinte e dois de novembro de mil novecentos, natural de Portugal, operário, filho legitimo de ANTONIO GONÇALVES BARBOZA e de RITA ROZA DE JESUS, portugueses, elle fallecido há sete annos em Portugal, ella com cincoenta e um annos de idade, residente com seu filho à rua Coronel Amarante, trinta e dois neste districto; ella solteira, nascida em quinze de janeiro de mil novecentos e um, natural do município de Campos, deste Estado, doméstica, filha legitima de PAULINO JOSÉ DA MOTTA e de FELICÍSSIMA MARIA DE MENDONÇA, brasileiros, elle ora casado, com quarenta e cinco annos de idade, ella fallecida há sete annos no município de Araruama, residente com sua filha no local do casamento. Os nubentes para se habilitarem apresentaram os seguintes documentos: memorial com as residencias e domicilios dos noivos e de seus paes, titulo de eleitor do primeiro contrahente, provando sua idade, declaração do pae da segunda contrahente, affirmando sua idade e dando o seu consentimento para este casamento; declaração de duas pessoas maiores affirmando não haver parentesco algum entre os contrahentes um outro qualquer impedimento que os inhiba de casar um com outro; [O digo] tudo de conformidade com o artigo cento e oitenta do código civil. O proclama foi affixado em cartório durante o prazo da lei: Em observancia a letra do artigo cento e noventa e quatro do já citado Código, o senhor presidente do acto arguhui os nubentes se persistiam em se casar um com outro de suas livres e expontaneas, vontades, e, sendo afirmativa a resposta declarou-os casados do modo que se segue: De accordo com a vontade que ambos acabaram de affirmar perante mim de vos receberdes por marido e mulher, eu, em nome da lei; vôs declaro casados. Foram testemunhas do acto os senhores: Joaquim Miguel Ferreira Rodrigues, portuguez, solteiro, commercio, com vinte e cinco annos de idade, residente à rua doutor March, trezentos e vinte e quatro, em Nictheroy, Luiz Marciano Rodrigues, brasileiro, casado, negociante, com cincoenta e nove annos de idade, residente à rua doutor Porciuncula, noventa e dois neste districto. E para firmeza do acto lavro este termo que lido e conforme assignou com o Juiz e testemunhas. Eu Walter Orlandini, escrevente, autorizado o escrevi. Eu Rubens Orlandini escrivão que o rubricou. X José Carlos da Costa Velho. Antonio Barboza. Leonor Mendonça da Motta. Joaquim Miguel Ferreira Rodrigues. Luzi Marciano Rodrigues. Ernestina (?) Pereira. Eunice Orlandini. Maria Mendonça da Motta. Benedicta Mendonça da Motta. Jandyra Pires Motta. Ignez Pessôa. Altemira Pereira Guimarães. Antonio Mendonça Motta. Walter Orlandini.Rubens Orlandini

Óbito (4º Zona Judiciária de Niterói, L5-C f269 #2910) # Certifico que a fl. 269 do livro nº 05C de registro de óbitos, sob número de ordem 2910, foi lavrado o de ANTONIO BARBOSA, falecido aos dezoito dias do mês de Junho do ano de mil novecentos e oitenta e três, as 21:20 horas, na Policlinica São Sebastião, do sexo masculino, filho de ANTONIO (GONÇALVES) BARBOSA e RITA ROSA DE JESUS, com 82 anos de idade, profissão: Aposentado, Estado Civil: Viuvo. Residente na Rua Coronel Amarante, nº 183, - São Gonçalo - RJ. Natural de Portugal, Causa Mortis: Septicemia, pneumonia. Medico atestante: Dr. Joel Araujo Costa. Local do sepultamento: Maruí. Declarante: Hermenegildo Henrique Coutinho. Observações: Registro feito aos dezenove dias do mês de Junho do ano de mil novecentos e oitenta e três. O falecido era viúvo de LEONOR MENDONÇA BARBOSA, deixa três filhos maiores, e deixa bens.

Leonôr Mendonça da Motta [Parents] was born on 7 Jan 1901 in Quimbira em Dores de Macabu, Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil. She died on 24 Aug 1980 in Policlínica S. Sebastião em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. The cause of death was Septicemia, grangrena do membro inferior direito, diabetes mellitus. She was buried on 25 Aug 1980 in Cemitério do Maruí em Niterói. She married Antonio Barbosa on 22 Mar 1924 in distrito de Neves, São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil.

Registro de Nascimento (LA-7 f4v #16) # Numero: dezesseis. Aos quinze dias do mez de janeiro de mil novecentos e um, neste décimo segundo districto de Campos, estado do Rio de Janeiro em mêo cartório comparecêo José Vicente e perante as testemunhas no fim nomeadas e assignadas declarou. Que às oito horas da manhã do dia sete do corrente mez na residência de seos pais no lugar denominado Quimbira d’este districto nasceu uma criança do sexo feminino de nome LEONÔR, branca, filha legitima de PAULINO JOSÉ DA MOTTA e FELLICÍSSIMA MARA DE MENDONÇA MOTTA, lavradores e naturaes de Campos, netta paterna de JOSÉ JOAQUIM DA MOTTA e MARIA URSULA DA CONCEIÇÃO MOTTA, e matterno de ANTONIO FURTADO MENDONÇA SOBRINHO, já fallecido e LAURIANNA MARIA DE MENDONÇA. E para constar mandei lavrar este termo que lhes li e assigna a rogo do declarante por não saber ler nem escrever Waldemiro Joaquim Nogueira e as testemunhas Castorino Joaquim Nogueira e José Francisco Nolasco, commigo Sisidio Joaquim Nogueira, escrivão de paz que assigno. Sisidio Joaquim Nogueira. Waldemiro Joaquim Nogueira. Castorino Joaquim Nogueira. José Antonio Francisco Nolasco;

Óbito (4º Zona Judiciária de Niterói, L3-C f209 #1593) # Aos 24 de agosto de mil novecentos e oitenta nesta cidade e em meu Cartório, compareceu Hermenegildo Henrique Coutinho nacionalidade brasileira com - anos de idade, profissão industrial residente à rua Coronel Amarantes, n. 183, São Gonçalo - RJ e exibindo atestado de óbito firmado pelo médico Dr. Cristovão Clemente Rodrigues declarou: Que no dia vinte e quatro do corrente mês ás 05 horas e 30 minutos, na Policlínica São Sebastião, neste distrito, faleceu LEONOR MENDONÇA BARBOSA, do sexo femininio cor branca com 79 anos de idade, natural deste Estado, estado civil casada, profisão doméstica residente na rua Coronel Amarante, nº 183, Venda da Cruz, São Gonçalo - RJ filha de PAULINO JOSÉ DA MOTTA, natural - residente - e de FELICISSIMA MARIA DE MENDONÇA natural - residente --, “causa mortis” a) Septicemia, b) grangrena de membro inferior direito; c) obstrução arterial aguda; diabetes mellitun. Vai ser sepultada no Cemitério de Maruí, nesta cidade. Observações: Era casado com ANTONIO BARBOSA; deixa 3 filhos, não deixa bens.

They had the following children:

  M i Pedro Paulo Mendonça Barbosa was born on 29 Jun 1925 in Neves em São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. He died on 27 Nov 1926 in Neves em São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil.
  M ii Living
  F iii Laci Mendonça Barbosa was born in 1928/1929 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. She died about 1935 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil.
  M iv Ivan Mendonça Barbosa was born on 9 Sep 1930 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. He died on 25 Jan 1999 in bairro de Venda da Cruz, São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. The cause of death was Insuficiencia respiratoria.
  M v Living
  F vi Living

Francisco de Almeida Cardoso [Parents] was born on 16 Nov 1904 in Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. He died in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. He married Maria Mendonça da Motta on 22 Mar 1925 in Cartório do Quarto Distrito de São Gonçalo.

Casamento (4° Distrito de São Gonçalo, L2 f51 #43) # Aos vinte e dois dias do mez de março de mil novecentos e vinte e cinco em cartório à rua Floriano Peixoto, setenta e dois, e sendo onze horas, presente o escrevente Henrique Machado Cardozo, supplente de juiz de paz deste districto em exercício no impedimento do effectivo José Carlos da Costa Velho e presidente dos casamentos do quarto districto da cidade e comarca de São Gonçalo, estado do Rio de Janeiro, comigo official do registo civil, ao diante nomeados as testemunhas abaixo mencionadas assignadas e depois de preenchidas as formalidades legaes receberam-se em matrimonio o senhor FRANCISCO DE ALMEIDA CARDOZO e dona MARIA MENDONÇA DA MOTTA, elle solteiro, nascido em dezesseis de novembro de mil novecentos e quatro, natural de Nictheroy deste Estado, carpinteiro, filho legitimo de FRANCISCO DE ALMEIDA CARDOZO e MARGARIDA DOS SANTOS, portuguezes, elle fallecido em Portugal há dezesseis annos, ella viuva com sessenta annos de idade, residente com seu filho à rua doutor Jurumenha, duzentos e cincoenta, neste districto; ella solteira, nascida em quatro de setembro de mil novecentos quatro, natural do Municipio de Cabo Frio, deste Estado, domestica, filha legitima de PAULINO JOSÉ DA MOTTA e FELICÍSSIMA MARIA DE MENDONÇA, brasileiros, elle ora casado com quarenta e oito annos de idade, residente com sua filha à rua doutor Norival de Freitas duzentos e oitenta e dois, neste districto, ella fallecida no município de Araruama há dois annos. Os nubentes para se habilitarem apresentaram os seguintes documentos: memorial com as residencias e domicilios dos noivos e de seus paes, declaração da mãe do primeiro contrahente affirmando sua idade e dando o seu consentimento para este casamento, idem do pae da segunda contrahente, declaração de duas pessoas maiores, affirmando não haver parentesco algum entre os contrahentes, hum outro qualquer impedimento que os inhiba de casar um com outro tudo de conformidade com o artigo cento e oitenta do código civil. O proclama foi affixado em cartório durante o prazo da lei. Em observancia a letra do artigo cento e noventa e quatro do já citado Código, o senhor presidente do acto arguiu os nubentes se persistiam em se casarem com outro de suas livres e expontaneas vontades e, sendo affirmativa a resposta, declarou-os csados do modo que se segue: De accordo com a vontade que ambos acabam de affirmar perante mim de vos receber-des por marido e mulher, eu, em nome da lei vos declaro casados. Foram testemunhas do acto os senhores Francisco Silva, portuguez, casados, jardineiro, com quarenta annos de idade, residente à rua doutor Jurumenha sem numero e Adalberto Ferreira Leite, brasileiro, casado do comercio, com quarenta e dois annos de idade, residente à Avenida Paiva, cento e um, neste districto. E para constar lavro este termo que lido e achado conforme assignaram com o Juiz e testemunhas. Eu Walter Orlandini, escrevente autorizado, escrevi. Eu Rubens Orlandini escrevão que assginou. Henrique Machado Cardozo. Francisco de Almeida Cardozo. Maria de Mendonça da Motta. Francisco da Silva. Adalberto Ferreira Leite. End(....) José da Ma(....). Rubens Orlandini

Maria Mendonça da Motta [Parents] was born on 4 Sep 1903 in Cabo Frio, Rio de Janeiro, Brasil. She died in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. She married Francisco de Almeida Cardoso on 22 Mar 1925 in Cartório do Quarto Distrito de São Gonçalo.

Creio que Maria teria nascido em 1903 e não em 1904 como consta no casamento.


Antônio Pereira Guimarães [Parents] was born on 27 Feb 1902 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. He died in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. He married Altemira Mendonça da Motta on 22 Dec 1923 in Cartório do Quarto Distrito de São Gonçalo.

Casamento (4° Distrito de São Gonçalo, L2 f67vº #160) # Aos vinte e dois dias do mez de dezembro de mil novecentos e vinte e três, em cartório à rua Floriano Peixoto cincoenta, e sendo dez horas da manhã, presente o Tenente Herculano Machado Cardozo juiz de paz em exercício presidente dos casamentos do quarto districto da cidade e comarca de São Gonçalo, Nichteroy, Estado do Rio de Janeiro, commigo official do registro civil ao diante nomeado as testemunhas abaixo mencionadas, assignadas e depois de preenchidas as formalidades legaes, receberam-se em matrimonio o senhor ANTONIO PEREIRA GUIMARÃES e dona ALTEMIRA MENDONÇA DA MOTTA, elle solteiro, nascido em vinte e sete de fevereiro de mil novecentos e dois, natural deste município, negociante filho legitimo de CUPERTINO PEREIRA GUIMARÃES e de FRANCISCA PEREIRA GUIMARÃES, portuguezes, elle com, fallecido há dezesseis annos neste município, residente com seu filho a Travessa Retiro Saudozo neste districto; Ella é solteira nascida em doze de dezembro de mil novecentos e dois, natural do município de Araruama, deste Estado, doméstica, filha legitima de PAULINO JOSÉ DA MOTTA e de FELICÍSSIMA MARIA MENDONÇA, brasileiros, elle com quarenta e oito annos de idade, ella falecida em Araruama há dois annos, residente com seu pae à rua Porciuncula dois A neste districto. Os nubentes para se habilitarem, apresentaram os seguintes documentos; Memorial com as residências e domicílios dos noivos e de seus paes; Declaração do pae do primeiro contrahente, affirmando sua idade e dando consentimento para este casamento; Declaração do pae da segunda contrahente officiando sua idade e dando seu consentimento para que possa se casar com o primeiro contrahente; Declaração de duas pessôas maiores, affirmando pelo muito conhecimento que teem com os contrahentes não existir entre elles parentescos algum nem outro qualquer impedimento que as inhiba de casarem um com outro, tudo de conformidade com o artigo cento e oitenta do código civil. O proclama foi publicado pela emprença em data de quatro do corrente mez e affixado em cartório durante o prazo da lei. Em obediência a letra do artigo cento e noventa e quatro do já citado Codigo, o senhor presidente do acto arguiu os nubentes se persitiam em se casarem um com outro de livre e espontânea vontade e sendo affirmativa a resposta, declarou-se casados do modo que se segue. De accôrdo com a vontade que ambos acabam de affirmar perante mim, declaro receber-des por marido e mulher, eu em nome da lei vôs delcaro casado. Foram testemunhas do acto os senhores Juvenal Athayde brazileiro do commercio, casado com trinta e cinco annos de idade e residente a rua doutor Parcimenlo trinta e seis; Americo Ferreira Torres, brazileiro, casado do commercio; com cincoenta e seis annos de idade e residente à rua Visconde de Itaborahy cento e sete, Nichteroy. E para firmeza do acto leram este termo, que lido e achado em tudo conforme, assignam com o juiz testemunhas e commigo Rubens Orlandini escrivão que escrevi e assigno. Henrique Machado Cardoso. Antonio Pereira Guimarães. Altemira Mendonça da Motta. Juvenal Athayde. Americo Ferreira Torres. Sophia Nascimento Torres. Ignez Pessôa.Benedicta Mendonça. Rubens Orlandini.

Obs: A data de nascimento de Altemira foi alterada por seu pai.

Altemira Mendonça da Motta [Parents] was born on 12 Dec 1902 in Cabo Frio, Rio de Janeiro, Brasil. She died in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. She married Antônio Pereira Guimarães on 22 Dec 1923 in Cartório do Quarto Distrito de São Gonçalo.

They had the following children:

  F i Diva da Motta Pereira was born in Jan 1929 in Neves em São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. She died on 12 Jul 1932 in Neves em São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. The cause of death was Infecção Intestinal. She was buried on 13 Jul 1932 in Cemitério de São Gonçalo.

Antônio Mendonça da Motta [Parents] "Moreno" was born on 29 Jun 1906 in Cabo Frio, Rio de Janeiro, Brasil. He died on 15 May 1997 in Piratininga em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. He was buried on 15 May 1997 in Cemitério do Santíssimo Sacramento. He married Francisca Júlia Cunha on 29 Jun 1929 in Primeiro Cartório de São Gonçalo.

Antônio nasceu em Cabo Frio e se criou em Praia Seca, onde seu pai tinha salinas. Após a morte da mãe, deve ter-se mudado para São Gonçalo se fixando na R. Getúlio Vargas, 1410, na época conhecido como Desvio de D. Zizinha. Em 1929 casou-se com Francisca Júlia da Cunha, que deve ter conhecido no bonde (fonte: Wilton) e cujas origens, assim com a mãe de Antônio, remontam a serra de Macaé.

Casamento (1° Distrito de São Gonçalo, L24 f48 #51) # Certifica que a fls 48 do livro número 24 de casamentos, sob o número de ordem 51 consta que aos vinte e nove dias do mês de junho do ano de mil nove centos e vinte e nove na sala do Cartório à rua nesta Cartório perante o Juiz de Paz Sr. José Alves de Azevedo e as testemunhas Antonio Cotrim de Souza e Paulino Antonio de Araujo receberam-se em matrimonio ANTONIO MENDONÇA DA MOTTA e FRANCISCA JULIA DA CUNHA que passa a assinar-se "não consta no têrmo". Ele natural do município de Cabo Frio, solteiro nascido em vinte e nove de Novembro de mil novecentos e seis profissão comerciário residente e domiciliado à rua Travessa Maurite, 36, neste distrito filho de PAULINO JOSÉ DA MOTTA e FELICISSIMA MARIA DE MENDONÇA. Ela natural do município de Macaé solteira nascida em vinte e sete de Setembro de mil novecentos e dez profissão doméstica residente e domiciliada à rua no lugar, Rocha, neste distrito filha de Álvaro Pinto da Cunha e Vicentina Júlia da Cunha. São Gonçalo 06 de maio de 1969.

Após se casar, Antônio foi morar na travessa Lenor, no Porto Velho, onde havia um armazém (fonte: Wilton). Por volta de 1943 retornou para Praia Seca para trabalhar na antiga salina paterna, então de seu tio Alcídes (Salinas St. Maria e Mariana). A família morou em Praia Seca até pouco antes de 1949. Novamente, retornaram para São Gonçalo e foram morar na Travessa Batista, e Antônio foi trabalhar como representante do açúcar Quissamã. Depois mudaram-se para a Tv. St. Teresinha, perto da Praça da Covânca, onde Antônio ergueu uma casa.
A família permaneceu no mesmo endereço até 1961, quando se mudaram para o Barreto, em Niterói. Como aposentado, Antônio fazia uns "bicos" como pedreiro na vizinhança. Depois, ele e sua esposa viveram um tempo em St. Isabel, outro distrito de São Gonçalo, e por volta de 1981 voltaram para o Barreto.
Em 1996 Antônio perdeu sua esposa com quem esteve casado por incríveis 67 anos. Nonagenário, Antônio, conhecido pelo apelido de "Moreno", fez sua passagem em 1997 na casa de sua filha Lecy no bairro de Piratininga em Niterói.

Óbito (2° Distrito, 5° Zona Judiciária de Niterói L-C8 f142 #4078) # Certifica que, revendo o livro C-08, de registro de óbito, dele às fls. 142, sob n° 4078, consta ocorrido em quinze de maio de mil novecentos e noventa e sete, às 21:30 horas, no domicílio na rua 40, n 332, Piratininga, neste distrito, o falecimento de ANTÔNIO MENDONÇA DA MOTTA, brasileiro, viúvo, aposentado, natural do Rio de Janeiro-RJ, do sexo masculino, com 90 anos de idade, filho de PAULINO JOSÉ DA MOTTA e FELICÍSSIMA MARIA DE MENDONÇA, causa mortis indeterminada. Foi sepultado no cemitério do Santíssimo Sacramento. Foi declarante Sandra Motta de Mattos Marinho. O atestado foi firmado pelo Dr. Luiza Helena Semeghini. O falecido não deixa bens, deixa 4 filhos maiores, não fez testamento e não era eleitor, era portador da carteira de identidade n 20.703 do ipf de 29;07.41, cpf ....... e do inss n 10505643-0. Registro feito em 16.05.97.

Com sua esposa houve seis filhos, dos quais somente um faleceu ainda criança.
Segundo depoimento de sua neta a respeitos dos avós: " (Eu) guardo em minha mente as melhores recordações de meus avós. Amavam as reuniões em família, Natal, Ano Novo, e nos aniversários dos dois os filhos e netos sempre estavam presentes".

Fontes: e-mail da neta I. R. R. e memórias do filho caçula W. M. M. (2017/01/21) .

Francisca Júlia Cunha [Parents] was born on 27 Sep 1910 in Macaé, Rio de Janeiro, Brasil. She died on 9 Apr 1996 in Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. The cause of death was Insuficiência Respiratória, Metastase Pulmonar, câncer de cólon. She was buried on 10 Apr 1996 in Cemitério do Maruí. She married Antônio Mendonça da Motta on 29 Jun 1929 in Primeiro Cartório de São Gonçalo.

Francisca em Macaé de onde sua mãe era natural, ainda jovem mudou-se para São Gonçalo onde se casou com Antônio, cuja mãe também era natural da mesma localidade que a sua. Sempre trabalhou em casa e com seu marido teve seis filhos. Viveu longamente, vindo a falecer em Niterói com 86 anos incompletos:

Óbito (2° Zona Judiciária de Niterói) # Certifico que em data de 09 de abril de 1996, no Livro # C-48, às fls 164v, sob o n° 31121, foi feito o registro de óbito de FRANCISCA CUNHA DA MOTTA falecida em 09 de abril de 1996, às 03:25 horas neste distrito, na casa de Saúde NS Auxiliadora em Niterói de sexo feminino de cor branca, profissão doméstica natural do Rio de Janeiro domiciliada e residente à Trav. Alameda, 19/404 - Fonseca, Niterói com 85 anos de idade, estado civil casada, filha de ÁLVARO PINTO DA CUNHA e VICENTINA JÚLIA DA CUNHA tendo sido declarante Manoel Craveiro de Freitas e o óbito atestado pelo Dr. Marcio Mendonça de Castro que deu como causa morte insuficiencia respiratoria, metastase pulmonar, câncer de cólon e o sepultamento foi feito no cemitério de Maruí, Niterói. Não deixou bens e deixou quatro filho maiores. O referido é verdade e dou fé. Niterói 9 de abril de 1996.

ps: Apesar de consta morar no Fonseca, na verdade ela vivida com sua filha Lecy em Piratininga.

Fontes: e-mail da neta I. R. R. e memórias do filho caçula W. M. M. (2017/01/21) .

They had the following children:

  F i Living
  F ii Wilma Conceição Cunha da Motta
  M iii Wilson Cunha da Motta was born on 28 May 1932 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. He died on 3 Sep 1997 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil.
  F iv Lecy Cunha da Motta was born on 20 Jun 1934 in Neves em São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. She died on 28 Jul 2015 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil.
  M v Levy Cunha da Motta was born in 1936/1938 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. He died about 1948 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil.
  M vi Living

Álvaro Pinto da Cunha Sobrinho [Parents] "Zinguinho" was born in 1874 in Córrego do Ouro (freguesia de Neves) em Macaé, Rio de Janeiro, Brasil. He was christened on 11 Apr 1874 in Igreja de NS das Neves. He married Vincentina Júlia da Cunha on 26 Dec 1908 in Na casa de Joaquim Júlio da Silva em Macaé.

Vincentina Júlia da Cunha [Parents] was born in 1883 in Córrego do Ouro (freguesia de Neves) em Macaé, Rio de Janeiro, Brasil. She was christened on 12 May 1883 in Igreja de NS das Neves. She married Álvaro Pinto da Cunha Sobrinho on 26 Dec 1908 in Na casa de Joaquim Júlio da Silva em Macaé.

They had the following children:

  F i Francisca Júlia Cunha

Home First Previous Next Last

Surname List | Name Index