Uma Teia de Família


João de Bettencourt de Vasconcelos [Parents] "O Cavalinha" was born in 1535 in Ribeira Brava, Ilha da Madeira, Portugal. He died on 12 Jul 1615 in Ribeira Brava, Ilha da Madeira, Portugal. He married Branca Leitão on 12 Jul 1552 in Igreja da Sé do Funchal.

(De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Andradas por femea de Gonçalo Fernandes da Serra de Agua, tto Bettencourts). Passou para a Índia em 1580 como capitão da nau S. Gregório. Sucedeu nas terças de seus avó maternos por morte de seu irmão Rui e testou em 12 de Dezembro de 1607, no qual deixou vinculada sua terça nas fazendas acima da Câmara de Lobos e abaixo da Segunda da Torre, e a deixou ao Frades de S. Bernardino, de cuja Capela Mor foi padroeiro como herdeiro do morgado dos ditos seus avós maternos seu instituidores. (Meneses Vaz, Famílias da Madeira e Porto Santo, 1964, p 217, ibid. tto Bettencourts). Casou-se clandestinamente com D. Branca.

Branca Leitão [Parents] was born in 1530/1535 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal. She died on 21 Aug 1594 in Ribeira Brava, Ilha da Madeira, Portugal. She married João de Bettencourt de Vasconcelos on 12 Jul 1552 in Igreja da Sé do Funchal.

They had the following children:

  M i Henrique de Bettencourt was born in 1553/1558 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal. He died in Jan 1620 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal.

Faleceu solteiro. S.g. (Meneses Vaz, Famílias da Madeira e Porto Santo, 1964, p 218)
  F ii Guiomar de Bettencourt
  F iii Helena de Vasconcelos

Gonçalo Ferreira de Carvalho was born about 1480 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal. He married Branca Afonso de Drummond.

Meneses Vaz (Famílias da Madeira e Porto Santo, 1964, p 217). Foi o primeiro deste nome que passou a Madeira (Clode, Registro Genealógico de Famílias ..., 1952 p 81)

Branca Afonso de Drummond [Parents] was born about 1480 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal. She married Gonçalo Ferreira de Carvalho.

They had the following children:

  F i Guiomar Ferreira

Martim Gonçalves de Andrada [Parents] was born in 1543/1545 in Serra d'Água, Ilha da Madeira, Portugal. He died in Apr 1606 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal. He married Guiomar de Bettencourt on 29 Jan 1592 in Igreja da Sé do Funchal.

Other marriages:
de Brito, Maria

Nasceu pelos anos de 1544 e faleceu em abril de 1606 (De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Andradas por femea de Gonçalo Fernandes da Serra de Agua, Bettencourts, Britos Oliveira). Casou-se pela segunda vez com D. Guiomar. S.g. (Meneses Vaz, Famílias da Madeira e Porto Santo, 1964, p 111 e 218). O casamento foi celebrado na Igr. de S. Bartolomeu. Foram dispensados do impedimento de 4° de consanguinidade e 3° de afinidade.

Guiomar de Bettencourt [Parents] was born in 1555/1560 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal. She died on 29 Jun 1626 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal. She was buried on 30 Jun 1626 in Capela Mor da Igreja do Colégio da Cia. de Jesus. She married Martim Gonçalves de Andrada on 29 Jan 1592 in Igreja da Sé do Funchal.

(De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Andradas por femea de Gonçalo Fernandes da Serra de Agua)


Antônio de Andrada da Silva [Parents] was born in 1564/1566 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal. He married Helena de Vasconcelos on 19 Jan 1592 in Igreja da Sé do Funchal.

Herdou a casa de seus pais. Como não deixou descendencia o morgado passou aos Freitas de Madalena do Mar pela linha de D. Leonor da Silva, tia paterna de Antônio. (Meneses Vaz, Famílias da Madeira e Porto Santo, 1964, p 111 e 218; De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Bettencourts)

Helena de Vasconcelos [Parents] was born in 1558/1563 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal. She married Antônio de Andrada da Silva on 19 Jan 1592 in Igreja da Sé do Funchal.


Martim Gonçalves de Andrada [Parents] was born in 1543/1545 in Serra d'Água, Ilha da Madeira, Portugal. He died in Apr 1606 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal. He married Maria de Brito on 19 Apr 1563 in Igreja da Sé do Funchal.

Other marriages:
de Bettencourt, Guiomar

Nasceu pelos anos de 1544 e faleceu em abril de 1606 (De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Andradas por femea de Gonçalo Fernandes da Serra de Agua, Bettencourts, Britos Oliveira). Casou-se pela segunda vez com D. Guiomar. S.g. (Meneses Vaz, Famílias da Madeira e Porto Santo, 1964, p 111 e 218). O casamento foi celebrado na Igr. de S. Bartolomeu. Foram dispensados do impedimento de 4° de consanguinidade e 3° de afinidade.

Maria de Brito [Parents] was born in 1542/1547 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal. She died on 23 Mar 1585 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal. She married Martim Gonçalves de Andrada on 19 Apr 1563 in Igreja da Sé do Funchal.

(De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Andradas por femea de Gonçalo Fernandes da Serra de Agua)

They had the following children:

  M i Antônio de Andrada da Silva
  F ii Isabel da Silva was born in 1565/1567 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal.

não casou (De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Andradas por femea de Gonçalo Fernandes da Serra de Agua)
  F iii Beatriz da Silva was born in 1568/1573 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal.

não casou (De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Andradas por femea de Gonçalo Fernandes da Serra de Agua)

Manoel de Brito de Oliveira [Parents] was born in 1537/1542 in Funchal, Ilha da Madeira, Portugal. He married Catarina Henriques on 18 May 1562 in Igreja da Sé do Funchal.

Other marriages:
Resende, Joana

S.g. dos dois casamentos (De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, ttos Bettencourts; Britos de Oliveira). Clandestinos. Testemunhas: Pedro Gonçalves, escrivão da Alfândega; Ambrósio Rodrigues; Rui Gonçalves Pestana; Rui Casco.

Catarina Henriques [Parents] was born about 1540 in Ilha da Madeira, Portugal. She married Manoel de Brito de Oliveira on 18 May 1562 in Igreja da Sé do Funchal.


GASPAR de Bettencourt [Parents] was born in 1430/1435 in Héricourt-en-Caux, Normandia, França. He died in 1522 in Vila Franca do Campo, Ilha de São Miguel dos Açores, Portugal. He was buried in Igreja de São Sebastião de Ponta Delgada.

Other marriages:
de Sá, GUIOMAR
Dias, Maria

Gaspar e Guiomar foram um dos primeiros colonizadores da ilha da Madeira. Gaspar, nasceu na Normandia, possivelment em Héricourt-en-Caux, terra ancestral de sua família, e ainda bastante jovem (1448) passou para as Canárias com seu tio Maciot. Já adulto, foi para Lisboa, onde se casou com a Dama do Paço Guiomar de Sá, como descrito por Gaspar Fructuoso (Gaspar Fructuoso, Saudades da Terra, Livro IV, Cap. IX):
Gaspar de Bettencourt, sobrinho de D. Maria de Bettencourt, esposa de Rui Gonçalves da Camara, 3º Cap. na ilha de São Miguel, se foi solteiro das ilhas Canárias, para casar em Portugal com D. Guiomar de Sá, dama do Paço, filha de Henrique de Sá, cidadão do Porto, que os mouros mataram, estando servindo el-Rei em Ceuta. Por ser costume naquele tempo não se casaram dentro do Paço, consertando o casamento, se desposaram em casa de D. Violante, sua prima co-irmã, mulher do Conde da Castanheira. E não deixarei de dizer o que na verdade aconteceu antes dos desposouros e foi assim que, andando a dita D. Guiomar de Sá no Paço, fazendo certa devoção de São João, ou outra de outro Santo, em que esperava, no derradeiro dia dela, que o primeiro homem que ouvisse nomear do mesmo nome havia de ser o marido que com ela casasse, e se havia de ser português ou não; como é costume de mulheres, ou supersticiosas, ou demasiadamente desejosas de saber o que lhe há-de socceder, às quais o demónio responde por sucessos, permitindo Deus que sejam enganadas dele, ou às vezes certificadas, pois em lugar de Deus o vão buscar no que pretendem; sucedeu ser o tempo e dia que Gaspar de Betancor foi beijar a mão a el-Rei, vestido de verdoso, e o mesmo dia, antes que o visse, contava a mesma D. Guiomar ir ter um som a seus ouvidos que o marido que com ela houvesse de casar havia de ser francês, e a primeira vez que o visse, viria vestido de verdoso, como veio. Com estes sucessos engana muitas vezes o demónio a muitas mulheres, que façam semelhantes superstições, como esta. Depois de casados, vieram a esta ilha (São Miguel) e viveram em Vila Franca. Foram eles que fundaram uma capela na Sé de Lisboa ou Basílica de Santa Maria Maior onde eles colocaram uma imagem de Nossa Senhora de Bettencourt. Posteriormente, uma imagem em pedra foi vestida e coroada.
Do Nobiliário de H. H. de Noronha (Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Bettencourts Sás) temos:
N.º 2 — Gaspar de Bettencourt, filho 3.º de Henrique de Bettencourt, em titulo de Bettencourts, §2.º N.º 1.º, veio com seu irmão Henrique de Bettencourt em companhia de seu tio Meciote de Bettencourt d’as Ilhas de Canarias pãra esta d’a Madeira, d’onde se passou á de S. Miguel, com sua tia D. Maria de Bettencourt, mulher de Rui Gonçalves d’a Camara, Capitão Donatario d’aquella Ilha, a qual, como não teve filhos, fez morgado de seus bens, e o deixou por seu Administrador. Falleceu n’o anno de 1522, e foi enterrado com sua mulher n’a Capella Mór d’a Egreja antiga de S. Sebastião d’a Cidade d’a Ponta Delgada, Ilha de S. Miguel. Casou com D. Guimar de Sá, (1) Dama d’o Paço, e filha de João Rodrigues de Sá, que era irmão de Fernão de Sá, Camareiro Mór d’os Reis D. Duarte e D. Affonço 5.º, e filhos ambos de João Rodrigues de Sá, o d’as Gales, em titulo de Sás em Portugal: falleceu n’o anno de 1547, e jaz com seu marido.
Ainda, segundo Fructuoso, Gaspar foi possuidor de 80 moios de renda de suas terras.
Por volta de 1472 passou para a Ilha da Madeira a fim administrar o morgado de sua família em Águas de Mel na freguesia de São Pedro. (Meneses Vaz, Famílias da Madeira e Porto Santo, 1964, p 218)
Segundo Rodrigo Rodrigues (Genealogias de São Miguel e Santa Maria, Cap. 7, º § 1º, N.º1) ele:
Em 1.IV.1505 obteve a confirmação de armas de D. Manoel I;
Em 1513 participou de uma força que, sob o comando de D. Jaime, duque de Brangança, conquistou Azemmour em Marrocos e;
Em 12.V.1521 foi decretado que ele seria Cavaleiro da Casa do Rei.
Faleceu em 1522, um pouco antes do diluvio que assolou Vila Franca do Campo e foi enterrado na Igreja de São Sebastião em Ponta Delgada:
Faleceu Gaspar de Betencor no ano de mil e quinhentos e vinte e dois, antes do dilúvio de Vila Franca; foi enterrado na capela-mor de el-Rei da igreja antiga do mártir S. Sebastião, da cidade da Ponta Delgada, por alvará que teve de mercê do Rei da sepultura para ele, mulher e filhos, em que também lhe concedia que pudesse ter sobre ela suas armas dependuradas com bandeira de seda, como teve alguns anos, até que se desfez a igreja, para se acrescentar como agora está; e depois não houve filho, nem neto, a quem lembrasse uma mercê tão grande, que a nenhuma pessoa dos Infantes abaixo se concede.
Esta bandeira permaneceu até que a igreja foi reformada décadas depois.
Em Archivo dos Açores (org. Ernesto do Canto, 1878-1959) consta a seguinte nota sobre Gaspar e sua famíla:
(....) Trazia na corte seu filho Henrique de Bettancor, que là casou em Evora. E uma filha por nome D. Beatriz (que dizem ser a mais formosa mulher; que se achou em Portugal) era Dama da Rainha mulher de El-Rei D. Manoel: foi a Castella com a Imperatriz, a onde casou com D. Pedro Lasso e mandou ir desa ilha a D. Izabel sua irma; que foi aia da princeza que casou em Portugal; a qual D. Izabel casou depois com D. Pedro Lasso, marido que foi de sua irmã Beatriz. E andou ir de cà a Castella seis sobrinhas, duas filhas de um seu irmão, e (...) de Antonio Juzarte grande fidalgo de D. Guiomar de Sa que depois casou com D. Fernando; das quaes sobrinhas casou quatro com quatro Morgados; e uma com um seu enteado que era Morgado de seis contos de renda, outra não quis casar e foi freira.
Gaspar descende de Carlos Magno, de Hugo Capeto e William I da Inglaterra, o Conquistador.

He had the following children:

  M i Rafael de Bettencourt e Sá

GASPAR de Bettencourt [Parents] was born in 1430/1435 in Héricourt-en-Caux, Normandia, França. He died in 1522 in Vila Franca do Campo, Ilha de São Miguel dos Açores, Portugal. He was buried in Igreja de São Sebastião de Ponta Delgada. He married Maria Dias.

Other marriages:
de Sá, GUIOMAR
Unknown

Gaspar e Guiomar foram um dos primeiros colonizadores da ilha da Madeira. Gaspar, nasceu na Normandia, possivelment em Héricourt-en-Caux, terra ancestral de sua família, e ainda bastante jovem (1448) passou para as Canárias com seu tio Maciot. Já adulto, foi para Lisboa, onde se casou com a Dama do Paço Guiomar de Sá, como descrito por Gaspar Fructuoso (Gaspar Fructuoso, Saudades da Terra, Livro IV, Cap. IX):
Gaspar de Bettencourt, sobrinho de D. Maria de Bettencourt, esposa de Rui Gonçalves da Camara, 3º Cap. na ilha de São Miguel, se foi solteiro das ilhas Canárias, para casar em Portugal com D. Guiomar de Sá, dama do Paço, filha de Henrique de Sá, cidadão do Porto, que os mouros mataram, estando servindo el-Rei em Ceuta. Por ser costume naquele tempo não se casaram dentro do Paço, consertando o casamento, se desposaram em casa de D. Violante, sua prima co-irmã, mulher do Conde da Castanheira. E não deixarei de dizer o que na verdade aconteceu antes dos desposouros e foi assim que, andando a dita D. Guiomar de Sá no Paço, fazendo certa devoção de São João, ou outra de outro Santo, em que esperava, no derradeiro dia dela, que o primeiro homem que ouvisse nomear do mesmo nome havia de ser o marido que com ela casasse, e se havia de ser português ou não; como é costume de mulheres, ou supersticiosas, ou demasiadamente desejosas de saber o que lhe há-de socceder, às quais o demónio responde por sucessos, permitindo Deus que sejam enganadas dele, ou às vezes certificadas, pois em lugar de Deus o vão buscar no que pretendem; sucedeu ser o tempo e dia que Gaspar de Betancor foi beijar a mão a el-Rei, vestido de verdoso, e o mesmo dia, antes que o visse, contava a mesma D. Guiomar ir ter um som a seus ouvidos que o marido que com ela houvesse de casar havia de ser francês, e a primeira vez que o visse, viria vestido de verdoso, como veio. Com estes sucessos engana muitas vezes o demónio a muitas mulheres, que façam semelhantes superstições, como esta. Depois de casados, vieram a esta ilha (São Miguel) e viveram em Vila Franca. Foram eles que fundaram uma capela na Sé de Lisboa ou Basílica de Santa Maria Maior onde eles colocaram uma imagem de Nossa Senhora de Bettencourt. Posteriormente, uma imagem em pedra foi vestida e coroada.
Do Nobiliário de H. H. de Noronha (Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Bettencourts Sás) temos:
N.º 2 — Gaspar de Bettencourt, filho 3.º de Henrique de Bettencourt, em titulo de Bettencourts, §2.º N.º 1.º, veio com seu irmão Henrique de Bettencourt em companhia de seu tio Meciote de Bettencourt d’as Ilhas de Canarias pãra esta d’a Madeira, d’onde se passou á de S. Miguel, com sua tia D. Maria de Bettencourt, mulher de Rui Gonçalves d’a Camara, Capitão Donatario d’aquella Ilha, a qual, como não teve filhos, fez morgado de seus bens, e o deixou por seu Administrador. Falleceu n’o anno de 1522, e foi enterrado com sua mulher n’a Capella Mór d’a Egreja antiga de S. Sebastião d’a Cidade d’a Ponta Delgada, Ilha de S. Miguel. Casou com D. Guimar de Sá, (1) Dama d’o Paço, e filha de João Rodrigues de Sá, que era irmão de Fernão de Sá, Camareiro Mór d’os Reis D. Duarte e D. Affonço 5.º, e filhos ambos de João Rodrigues de Sá, o d’as Gales, em titulo de Sás em Portugal: falleceu n’o anno de 1547, e jaz com seu marido.
Ainda, segundo Fructuoso, Gaspar foi possuidor de 80 moios de renda de suas terras.
Por volta de 1472 passou para a Ilha da Madeira a fim administrar o morgado de sua família em Águas de Mel na freguesia de São Pedro. (Meneses Vaz, Famílias da Madeira e Porto Santo, 1964, p 218)
Segundo Rodrigo Rodrigues (Genealogias de São Miguel e Santa Maria, Cap. 7, º § 1º, N.º1) ele:
Em 1.IV.1505 obteve a confirmação de armas de D. Manoel I;
Em 1513 participou de uma força que, sob o comando de D. Jaime, duque de Brangança, conquistou Azemmour em Marrocos e;
Em 12.V.1521 foi decretado que ele seria Cavaleiro da Casa do Rei.
Faleceu em 1522, um pouco antes do diluvio que assolou Vila Franca do Campo e foi enterrado na Igreja de São Sebastião em Ponta Delgada:
Faleceu Gaspar de Betencor no ano de mil e quinhentos e vinte e dois, antes do dilúvio de Vila Franca; foi enterrado na capela-mor de el-Rei da igreja antiga do mártir S. Sebastião, da cidade da Ponta Delgada, por alvará que teve de mercê do Rei da sepultura para ele, mulher e filhos, em que também lhe concedia que pudesse ter sobre ela suas armas dependuradas com bandeira de seda, como teve alguns anos, até que se desfez a igreja, para se acrescentar como agora está; e depois não houve filho, nem neto, a quem lembrasse uma mercê tão grande, que a nenhuma pessoa dos Infantes abaixo se concede.
Esta bandeira permaneceu até que a igreja foi reformada décadas depois.
Em Archivo dos Açores (org. Ernesto do Canto, 1878-1959) consta a seguinte nota sobre Gaspar e sua famíla:
(....) Trazia na corte seu filho Henrique de Bettancor, que là casou em Evora. E uma filha por nome D. Beatriz (que dizem ser a mais formosa mulher; que se achou em Portugal) era Dama da Rainha mulher de El-Rei D. Manoel: foi a Castella com a Imperatriz, a onde casou com D. Pedro Lasso e mandou ir desa ilha a D. Izabel sua irma; que foi aia da princeza que casou em Portugal; a qual D. Izabel casou depois com D. Pedro Lasso, marido que foi de sua irmã Beatriz. E andou ir de cà a Castella seis sobrinhas, duas filhas de um seu irmão, e (...) de Antonio Juzarte grande fidalgo de D. Guiomar de Sa que depois casou com D. Fernando; das quaes sobrinhas casou quatro com quatro Morgados; e uma com um seu enteado que era Morgado de seis contos de renda, outra não quis casar e foi freira.
Gaspar descende de Carlos Magno, de Hugo Capeto e William I da Inglaterra, o Conquistador.

Maria Dias was born about 1450 in Ilha de São Miguel dos Açores, Portugal. She married GASPAR de Bettencourt.

They had the following children:

  M i Gaspar Pordomo

Gaspar Pordomo [Parents] was born about 1470 in Ilha de São Miguel dos Açores, Portugal. He married Beatriz Velho.

Segundo Fructuoso (1586-90), Gaspar de Bettencourt foi pai de # (....) um filho natural, que houve de Maria Dias, moça solteira, e legitimou-o depois, por nome Gaspar Perdomo, o qual, como já disse na geração dos Velhos, casou com Breatiz Velha, filha de João Afonso Corquós e de Lianor Velha, filha de Pero Velho, da qual houve os filhos e filhas já ditos na geração dos Velhos, sc., Manoel de Betencor, que casou primeiro com uma filha de João do Porto, irmão de Manuel do Porto, e depois com D. Isabel, irmã de Belchior Roiz, escrivão da Câmara da cidade, e de nenhuma houve filhos; e Baltazar de Betancor, que casou e não houve filhos; e Belchior Betancor que casou e teve filhos e filhas.

Houve mais Gaspar Perdomo duas filhas, a primeira, D. Francisca, que não casou; a segunda, D. Simoa, que casou em Portugal com D. João Pereira, bisneto do conde da Feira, de que houve uma filha, chamada D. Breatiz que casou com João Frias, filho do licenciado Bertolameu de Frias, da qual tem alguns filhos.

Citado em Meneses Vaz (Famílias da Madeira e Porto Santo, 1964, p 221; De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Bettencourts Sás)

Beatriz Velho [Parents] was born about 1470 in Ilha de São Miguel dos Açores, Portugal. She married Gaspar Pordomo.

They had the following children:

  M i Manoel de Bettencourt was born about 1495 in Ilha de São Miguel dos Açores, Portugal.

S.g. Casou-se duas vezes (De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Bettencourts Sás).
  M ii Baltasar de Bettencourt was born about 1497 in Ilha de São Miguel dos Açores, Portugal.

S.g. Casado (De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Bettencourts Sás).
  M iii Bequior de Bettencourt was born about 1500 in Ilha de São Miguel dos Açores, Portugal.

Casado (De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Bettencourts Sás).
  F iv Francisca de Bettencourt was born about 1496 in Ilha de São Miguel dos Açores, Portugal.

Solteira (De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Bettencourts Sás).
  F v Simoa de Bettencourt

João Afonso Corcós was born about 1450 in Ilha de São Miguel dos Açores, Portugal. He married Leonor Velho.

(Meneses Vaz, Famílias da Madeira e Porto Santo, 1964, p 231; De Noronha, H. H., Nobiliario da Ilha da Madeira (1700) in BGL, 1947, tto Bettencourts Sás).

Leonor Velho [Parents] was born about 1450 in Ilha de São Miguel dos Açores, Portugal. She married João Afonso Corcós.

They had the following children:

  F i Beatriz Velho

Home First Previous Next Last

Surname List | Name Index