Uma Teia de Família


Bento da Costa was born in 1615/1620 in (...), Rio de Janeiro, Brasil. He died after 1675 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. He married Maria Riscado in 1649 in (Igreja da Sé do Rio de Janeiro).

Em 1661.X.25 vendeu 1/4 de seu sítio, onde vivia, localizado na vila de São Salvador de Campos dos Goytacazes a João Pacheco. Este sítio fora herdado de seu sogro (L1 Notas fl57) (Silva, Marco Polo Teixeira Dutra Phenee & Sugawara, Mithiko. O Primeiro Livro de Registros de Notas da Capitania da Capitania da Paraíba do Sul, Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores de História e Genealogia, n° 19, 2012, pgs. 9-204)

Maria Riscado [Parents] was born in 1618 in Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil. She was christened on 02 Apr 1618 in Igreja do Santíssimo Sacramento do Rio de Janeiro. She died after 1675 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. She married Bento da Costa in 1649 in (Igreja da Sé do Rio de Janeiro).

Other marriages:
de Sousa, Mateus

Batismo # E no dito dia [2 de abril de 1618] assima bautizei MARIA f(ilh)a de MIGUEL RISCADO e de sua mulher ESTACIA REQUEIXA; foi padrinho Duarte Vaz Pinto, e madrinha Pelonia Da(...)ga, molher de Dominguos Pinheiro - sem oleos.

Após a morte do pai, herdou o curral de São Miguel (Ponta do Guari ?), em Campos dos Goytacazes (in Roteiro dos Sete Capitães, Rev. Trim. do I.H.G.B., Rio de Janeiro, T. LVI, V. 887, 1893). Doou terras em 1652 para nelas se erigir capela a São Pedro, no Campo Limpo (Lamego, opus cit. in marcopolo.pro.br).

They had the following children:

  F i Luzia da Costa was born in 1650 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil. She was christened on 20 Nov 1650 in Igreja Matriz de São Gonçalo.

Vide artigo "Genealogia Fluminense - Freguesia de São Gonçalo do Rio de Janeiro, por Francisco Klörs Wernek (Anu. Genea. Latino, V4, 1952, pp 415).
  M ii Domingos da Costa Riscado was born in 1655/1660 in São Gonçalo, Rio de Janeiro, Brasil.

Possivelmente filho deste casal. Citado em uma procuração datada de 06.IX.1692 (L1 Notas f164v).

Silva, Marco Polo Teixeira Dutra Phenee & Sugawara, Mithiko. O Primeiro Livro de Registros de Notas da Capitania da Capitania da Paraíba do Sul, Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores de História e Genealogia, n° 19, 2012, pgs. 9-204

Afonso Mendes de Estrada [Parents] was born about 1580 in São Paulo, São Paulo, Brasil. He died after 1656 in Santos, São Paulo, Brasil. He married Felipa da Motta.

Foi Sargento-mor em Santos. Segundo Bogaciovas, M. M .A, As Primeiras Gerações dos Pimentas de Carvalho no Brasil, ASBRAP, n°18, 2012 este casou testou (1656) em Angra dos Reis onde declararam ter somente dois filhos: Susana Requeixo e o Frei Domingos das Neves. Atualizado em 23/10/2017.

Felipa da Motta [Parents] was born about 1590 in Ilha Grande, Rio de Janeiro, Brasil. She died after 1656 in Santos, São Paulo, Brasil. She married Afonso Mendes de Estrada.

They had the following children:

  F i Susana Requeixo Estrada
  M ii Domingos das Neves Requeixo Estrada was born about 1610 in Santos, São Paulo, Brasil. He died after 1664 in Angra dos Reis, Rio de Janeiro, Brasil.

Foi Prior no Convento do Carmo de Angra dos Reis em 1664 (A India Feiticeira ou o Milagre de Nossa Senhora, Alípio Mendes, 1978)

João Pimenta de Carvalho [Parents] was born about 1600 in (...), Portugal. He died in 1631/1655 in Ilha Grande, Rio de Janeiro, Brasil. He married Susana Requeixo Estrada about 1622.

Foi Cavaleiro Fidalgo da Casa Real, morador na Ilha Grande e Capitão-mor e Ouvidor Loco-Tenens da condessa de Vimieiro, "o qual casou na família dos Oliveiras Gagos, de Santos" (Lênio Richa, genealogiabrasileira.com verbete Titulos Perdidos, acesso em Dec/2014)

Sobre a fundação de Paraty: No ano de 1630, Maria Jácome de Melo recebeu uma sesmaria de “legoa e meia por costa” tendo o rio Perequê-Açu ao meio. Atendendo exigência do doador João Pimenta de Carvalho que chegou em Paraty no dia 16 de agosto (Dia de São Roque) daquele ano, construiu no alto do Morro do Forte uma capela dedicada a São Roque. A ocupação inicial da cidade ocorreu em torno dessa capela, localizada no Morro do Forte de onde se podia perceber com antecedência a chegada de navios amigos ou inimigos. (Paraty.tur.br/colonizacao.php)

Susana Requeixo Estrada [Parents] was born about 1605 in Ilha Grande, Rio de Janeiro, Brasil. She died after 1656 in Ilha Grande, Rio de Janeiro, Brasil. She married João Pimenta de Carvalho about 1622.

Susana seria filha de Afonso Mendes de Estrada e Felipa da Motta (Lênio Richa, genealogiabrasileira.com verbete Titulos Perdidos, acesso em Dec/2014). Susana viveu na Fazenda do Gamorim e foi irmã do frei angrense Domingos das Neves, que em 1664 era Prior do Convento do Carmo de Angra dos Reis (Alípio Mendes, A India Feiticeira ou o Milagre de Nossa Senhora, 1978)


Gonçalo Pimenta de Carvalho was born about 1570 in Portel, concelho de Loures, Portugal. He married Maria Jácome de Melo.

Maria Jácome de Melo was born about 1570 in Vila Viçosa, distrito de Évora, Portugal. She married Gonçalo Pimenta de Carvalho.

They had the following children:

  M i João Pimenta de Carvalho

Francisco Pais Sardinha [Parents] was born in 1760/1765 in Santíssima Trindade (Macacú), Rio de Janeiro, Brasil. He married Helena Maria do Nascimento Monteiro Serpa on 01 Dec 1764 in Igreja de Santo Antonio de Sá.

Casamento (L2A f084) # Ao primeiro dia do mes de dezembro de mil e sette centos e sacenta e quatro annos, pellas nove horas da noite, depois de confeçados, por huma provizam do muito reverendo doutor Antonio Jozé dos Reis Pereira e Castro, mestre escolla na cathedral e comisario do Santo Officio, e da Bulla, e juiz de cazamentos, pello excelentissimo e reverendissimo senhor dom frei Antonio do Desterro bispo deste bispado, se receberam em matrimonio em minha prezença por palavras de prezente Francisco Paes Sardinha filho ligitimo de Silvestre da Costa Moreira e de Izabel Paes, natural da freguezia da Trindade e asistente no lugar do Pico desta freguezia, com Ellena Maria do Nascimento filha ligitima de Antonio Monteiro [Lemos] e de Paulla da Costa, natural desta freguezia e asistente no lugar do Sumidouro (...) e logo lhes dei as benças na forma dos sagrados rittos tudo na prezença das testemunhas commigo asignadas, de que fiz este assento era ut supra. \\ O vigario Jozé Pereira Bravo \\ Francisco Xavier dos Santos Ferraz\\ Antonio Ribeiro de Miranda

Helena Maria do Nascimento Monteiro Serpa [Parents] was born in 1760/1765 in Santíssima Trindade (Macacú), Rio de Janeiro, Brasil. She married Francisco Pais Sardinha on 01 Dec 1764 in Igreja de Santo Antonio de Sá.

They had the following children:

  M i Francisco Pais Sardinha

Manoel de Oliveira Gago [Parents] was born in 1538/1543 in Santos, São Paulo, Brasil. He died in 1580 in Santos, São Paulo, Brasil. He married Felipa da Motta.

Manoel foi proprietário do Engenho de N. S. da Apresentação em Santos. Em 1573, ele estava no cargo de ouvidor na vila de Santos. Faleceu em 1580 e foi enterrado na capela mor da igreja matriz de Santos. Conta-se que sua sepultura foi mudada para o presbitério e na campa ainda se lê o epitáfio (Madre de Deos, 1797, Memorias para a História da Capitania de São Vicente) # Aqui jaz MANUEL DE OLIVEIRA GAGO, humilde e amigo dos pobres, filho de ANTÔNIO DE OLIVEIRA, fidalgo, o qual no derradeiro dia com os mais será ressuscitado - 1580. (Da Silva Leme, Genealogia Paulistana, V8, pp 483). Deste casal descendem os antigos Oliveiras da capitania de São Paulo, como refere frei Gaspar da Madre de Deus na sua História da Capitania de S. Vicente, mas Da Silva Leme não descreveu a descendencia deste casal.

Felipa da Motta [Parents] was born about 1549 in São Vicente, São Paulo, Brasil. She died before 1608 in Santos, São Paulo, Brasil. She married Manoel de Oliveira Gago.

Segundo Lênio Richa (genealogiabrasileira.com, Titulos Perdidos), Felipa da Mota não foi mencionada pelo genealogista Américo de Moura (Povoadores do Campo de Piratininga) como filha de Vasco Pires da Motta & Felipa Gomes da Costa.

Descende Rei dos Reis Dario I, de Carlos Magno, de Fernando I Rei de Leão e Castela, de Ramiro II Rei de Leão e Addallah ibn Muhammed Sétimo Emir de Córdova, de Hugo Capeto,de William I o Conquistador da Inglaterra, de Afonso Henriques Rei de Portugal e de Martim Afonso de Sousa fundador de São Vicente/Br.

They had the following children:

  M i Manoel de Oliveira Gago
  M ii Francisco de Oliveria Gago
  M iii Antonio de Oliveira Gago
  F iv Juliana de Oliveira was born in 1573/1581 in Santos, São Paulo, Brasil.

VASCO Pires da Motta [Parents] was born in 1506 in Castelo Branco, Distrito de Castelo Branco, Portugal. He died after 1585 in Santos, São Paulo, Brasil. He married FELIPA Gomes da Costa about 1548 in São Vicente.

Vasco Pires da Motta era filho do doutor Aniceto Vaz da Motta e de Felipa de Sá naturais estes de Coimbra como atesta o texto # (...) e que outrossim sabiam que o suplicante por parte de seu pai era neto de VASCO GOMES DA MOTA e de FELIPA GOMES DA COSTA, cidadãos da cidade de Coimbra, (...) (AnIHGB, pp 24, 1950). Segundo João Martinho Motta (citado em mottapaes.blogspot.com.br acessado em Fev/2016), Vasco nasceu em 1506 no município de Castelo Branco, sendo filho primogênito. Passou para o Brasil onde capturava índios. Exerceu o cargo de Ouvidor em Santo André da Borda do Campo a partir de 1556 até, pelo menos, 1573 (Actas de Santo André, 57). Também foi Tabelião e Escrivão da Fazenda e Alfândega em São Vicente (Memórias para a História da Capitania de São Vicente, 1797). no ano de 1557. Em 1585 ainda vivia em Santos, quando, junto a outros moradores foi obrigado a comprar os terrenos que foram de João Fernandes Brum para se erguer a Casa do Conselho (Sousa, Os Andradas, 1922). Foram octavós de Joaquim José da Silva Xavier (O Tiradentes).

FELIPA Gomes da Costa [Parents] was born in 1527/1531 in Barcelos, Distrito de Braga, Portugal. She died after 1565 in São Vicente, São Paulo, Brasil. She married VASCO Pires da Motta about 1548 in São Vicente.

Descende Rei dos Reis Dario I, de Carlos Magno, de Fernando I Rei de Leão e Castela, de Ramiro II Rei de Leão e Addallah ibn Muhammed Sétimo Emir de Córdova, de Hugo Capeto,de William I o Conquistador da Inglaterra, de Afonso Henriques Rei de Portugal e de Martim Afonso de Sousa fundador de São Vicente/Br.

They had the following children:

  F i Felipa da Motta
  M ii Atanásio da Motta
  F iii Inês da Motta
  F iv NNN da Motta
  F v ÂNGELA da Motta

ANICETO Vaz da Motta was born about 1470 in S. Miguel ou Terceira dos Açores, Portugal. He died after 1530 in Coimbra, Distrito de Coimbra, Portugal. He married FELIPA de Sá.

Aniceto, também conhecido como Anacleto, foi doutor (em direito ?) em Portugal. No site myheritage.org consta que era natural dos Açores (S. Miguel ou Terceira) mas sem citar a fonte desta informação.

Etimologia: Motta é uma palavra de origem toponímica, tirado de uma propriedade. A palavra significa aterro à borda dos rios, para proteger de alguma inundação às terras próximas. Em escocês, em irlandês e em baixo latim, falava-se mota, motta; casa forte, rodeada de um fosso, paliçada, cuja terra, no momento da extração, serviu a elevação do terreno sobre a qual foi assentada a construção; o que tornava a escalada mais difícil ao escalante (Anuário Genealógico Latino, V, 59). O nome se origina do celta Mutt, que significaria saliência, elevação, colina ou acúmulo de terra, pedras e detritos. Dessa forma, o nome que deu origem ao sobrenome também é classificado como um toponímico.

Origem do sobrenome Motta: Em Portugal, alguns genealogistas defendem a ideia de que Motta, como nome de família, vem de um sobrinho do rei de França que, em Burgos, onde se fixou, era senhor de uma edificação chamada Motta. De concreto tem-se que o nobre Fernão Mendes de Gundar era Senhor da Terra do Olo em Gestaçô atual freguesia de Madalena (Concelho de Amarante, Distrito do Porto), enquanto seu filho, Rui Gomes de Gundar, morava na “Terra da Motta”.
Este Rui achou por bem acrescentar o sobrenome “Motta” ao sobrenome, tornando-se o primeiro a dar início à família com essa denominação toponímica. Senhor de grandes posses, Rui fundou a “Quinta da Motta”, no termo de Vilela (Concelho de Paredes, Distrito do Porto) (Nobiliário de Famílias de Portugal (NFP) Gayo tto Motas § 1 N4). Já Miguel Calmon du Pin e Almeida (Marquês de Abrantes) aceita a versão de que Motta vem da Quinta em Fervença (Concelho de Celórico de Basto, Distrito de Braga) e de propriedade dos sogros de Rui (ibid.). Ainda segundo o NFP diz ser o Solar de Rui na freguesia de S. Martinho do Campo (Concelho de St. Tirso, Distrito do Porto) onde chamam a Casa da Motta com ruínas de uma Torre no nível das casas. Rui teve propriedades na freguesia de Lanhoso (Concelho de Póvoa de Lanhoso, Distrito de Braga), às margens do rio Ave. Casou-se com D. Mor Afonso, filha de Afonso Sanches Maravilha e de D. Teresa Rodrigues de Moreira, e teve geração de que proveio a linhagem “dos Mottas” (Extraído do Periódico “O Mossoroense" por Tomislav Femenick 20/01/2007).
Segundo a Enciclopédia Verbo Luso-Brasileira de Cultura (1972) o Solar de Rui ficaria às margens do rio Ave na freguesia de Lanhoso (Concelho de Póvoa de Lanhoso, Distrito de Braga). Outros autores sugerem também que o local da Quinta dos Motas seria na freguesia de S. Martinho do Campo (Concelho de St. Tirso, Distrito do Porto), em S. Miguel de Travanca (Concelho de Amarante, Distrito do Porto), ou ainda em Vila-Chã do Marão (Concelho de Amarante, Distrito do Porto) está próxima a Gundar.
O marquês de Montebelo em nota ao Livro de Linhagens: 4 Nobiliário do Conde D. Pedro diz que o solar era nas terras de Lanhoso, junto do rio Ave, sem dar mais elementos de informação. Ruy Gomes de Gundar, chamado (...) o Mota, era casado com D. Mayor Afonso, filha de Afonso Sanches Maravilha, e de sua mulher D. Teresa Rodrigues Moreira. Era bisneto de um "valeroso e muito honrado cavaleiro (sic)", que acompanhou na sua vinda para Portugal o conde D. Henrique, pai do 1.º rei de Portugal, a quem serviu lealmente. Foi este cavaleiro D. Mendo de Gundar (presente nesta Teia de Famílias), natural das Astúrias, que faz em Toulões. Era casado com D. Goda Pires, que nasceu na Galiza. Desta família, dizem as crônicas, houve geração que continuou o apelido.

As armas dos Mottas: Verde com cinco flores-de-lis de oiro. Timbre: Uma flor-de-lis de oiro, entre duas plumas, de verde, picadas de oiro. Por vezes, o timbre é indicado como sendo: aspa, de verde, carregada de três flores-de-lis, em santor.

FELIPA de Sá was born about 1470 in Castelo Branco, Distrito de Castelo Branco, Portugal. She died after 1530 in Coimbra, Distrito de Coimbra, Portugal. She married ANICETO Vaz da Motta.

Poderia ser uma descendente (bisneta ?) de Rodrigo Anes de Sá e Felipa de Barros.

They had the following children:

  M i VASCO Pires da Motta
  M ii Jacómo da Motta was born in 1507/1510 in Castelo Branco, Distrito de Castelo Branco, Portugal. He died after 1553 in São Vicente, São Paulo, Brasil.

Passou para o Brasil junto de seu irmão (João Martinho Motta citado em mottapaes.blogspot.com.br acessado em Fev/2016), em 1553 era Tabelião em São Vicente como atesta um documento transcrito pelo Frei Madre Deos (Memórias para a História da Capitania de São Vicente, 1797, pp 45).

ESTÊVÃO Gomes da Costa was born in 1495/1500 in Barcelos, Distrito de Braga, Portugal. He died after 1540 in São Vicente, São Paulo, Brasil. He married ISABEL Lopes de Sousa in 1525/1530 in (Bragança).

Estêvão foi Senhor da Quinta da Costa em Barcelos passou ao Brasil, ao lado de dois irmão Luís Gomes da Costa e Martim da Costa, em 1531 com a expedição de Martim Afonso de Sousa. Foi senhor da Quinta da Costa, localidade situada próxima a Nossa Senhora da Costa (Freguesia de Mancelos em Amarante) (Pedro Taques, Genealogia Paulistana tto Godoys), ou poderia ser cristão-novo (wikipedia.org in Estêvão Gomes da Costa). Poder ser um descendente de Gonçalo da Costa (*~1290) de onde herdou o senhorio. Em 31 de Dezembro de 1536 recebeu uma sesmaria na Ilha de Guaíbe, no local conhecido por muito tempo como Ponta/Barra de Estêvão da Costa concedida por Gonçalo Monteiro (ibid.).

ISABEL Lopes de Sousa [Parents] was born in 1510/1515 in (Bragança, Distrito de Bragança), Portugal. She died after 1540 in São Vicente, São Paulo, Brasil. She married ESTÊVÃO Gomes da Costa in 1525/1530 in (Bragança).

Em Genealogia Paulistana (tto Godoys) consta que foi filha bastarda de Martim Afonso de Sousa, havida certamente quando Martim ainda era muito jovem, talvez adolescente.
Descende Rei dos Reis Dario I, de Carlos Magno, de Fernando I Rei de Leão e Castela, de Ramiro II Rei de Leão e Addallah ibn Muhammed Sétimo Emir de Córdova, de Hugo Capeto,de William I o Conquistador da Inglaterra e de Afonso Henriques Rei de Portugal.

They had the following children:

  F i FELIPA Gomes da Costa
  F ii Maria da Costa

Miguel Riscado [Parents] was born in 1642/1645 in Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil. He died in Mar 1691 in Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil. He married Clara Ribeiro Caldeira in 1665/1670 in (Igreja de São Salvador de Campos).

No dia 28 de fevereiro de 1675 o casal vendeu por 50 mil réis a Manuel da Silva e sua mulher Teodósia da Veiga o quarto de sítio que possuíam na Ponta do Guari, com casas, engenho e alambiques. A transação foi realizada na casa do comprador, na povoação de São Salvador e as terras vendidas eram da herança que Miguel recebera de seu pai e que seu padrasto Bento da Costa mandou escriturar. Testemunharam a venda o alferes Tomé Álvares Pessanha Gabriel Vaz Riscado e Pedro Dias Manhães. Passou escritura o tabelião João da Costa Salinas. (marcopolo.pro.br)
Miguel faleceu entre 27 de Fevereiro de 1691 - data de um petição de cobrança de divida trasladada no cartório de Notas (L1 f145v) - e antes de 07 de junho do mesmo ano - data em que sua viúva assinou um termo de venda de sua metade herdada e que compreendia terras do sertão da outra banda do rio Ururahy em Campos dos Goitacazes. O comprador, foi o antigo proprietário da mesma terra, o capitão André Riscado da Motta (*). (1° Livro de Notas de Campos dos Goytacazes, fl120).

Silva, Marco Polo Teixeira Dutra Phenee & Sugawara, Mithiko. O Primeiro Livro de Registros de Notas da Capitania da Capitania da Paraíba do Sul, Revista da Associação Brasileira de Pesquisadores de História e Genealogia, n° 19, 2012, pgs. 9-204

(*) Tio materno de Miguel

Clara Ribeiro Caldeira was born in 1645/1650 in (...), Rio de Janeiro, Brasil. She died after 1691 in Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil. She married Miguel Riscado in 1665/1670 in (Igreja de São Salvador de Campos).

They had the following children:

  F i Maria Riscado Caldeira

Home First Previous Next Last

Surname List | Name Index